Carta ao Ministro Gilmar Mendes

Volta Redonda, 6 de maio de 2015

 

Exmo. Sr.

Min. Gilmar Mendes

Superior Tribunal Eleitoral

                                       

Senhor Ministro:

Desculpe-me de me dirigir a V. Exa. e a seus ilustres assessores para externar-lhes minha preocupação com o alto custo das campanhas políticas. Mas sobretudo, em consequência do debate que os jornais estão noticiando que V. Exa. deverá abrir sobre o tema. E o faço com o intuito exclusivo de colaborar com o tema e o debate.

Fui eleito por 3 vezes vereador na cidade de Volta Redonda/RJ nas décadas de 70 e início de 80, eleito consecutivamente. Ao final de cada campanha de 90 dias de duração saia exaurindo, cansado. Na última campanha, fiz comigo o propósito de não participar de outra, por ser longa e, por isso, cansativa Tive um colega de partido que morreu em plena campanha.

Felizmente, no meio do último mandado, passei num concurso para a magistratura mineira. Renunciei ao mandato político e fui exercer o cargo de Juiz, onde me aposentei.

Sempre entendi que, 90 dias, era um período muito longo, e que poderia reduzir-se à metade, 45 dias, se tanto. Talvez menor. Ficaria cômodo, menos cansativa e mais barato para os candidatos e para os partidos  políticos.

Nunca aceitei patrocínio de ninguém (pessoas ou empresas). Lecionava, advogava, após ser metalúrgico na CSN (Companhia Siderúrgica Nacional) por 16,5 anos.

Sempre participava de movimentos comunitários, religiosos, de bairro, de classe, de sindicatos, etc. Escrevia semanalmente em vários jornais da cidade e região, discutindo problemas locais. Uma técnica que sempre utilizei foi visitar às, pedindo voto e conversando pessoalmente com os leitores.

Minhas propagandas eram feitas em papel, de uma maneira simples, sem qualquer sofisticação, com mensagem simples e diretas para o eleitor.

Senhor Ministro, em síntese, gostaria de sugerir-lhe que reduza o tempo de propaganda para, no máximo, 45 dias e pronto. Isso o TSE pode fazer por resolução, creio, segundo o Código Eleitoral. Sucesso a V. Exa. nessa empreitada.

Atenciosamente,

                                    Ettore Dalboni da Cunha           

                                           OAB/RJ 5.063-D 

Você está aqui: Home Artigos Carta ao Ministro Gilmar Mendes

Rua Dezesseis n° 109, salas 313, 314 e 316, Vila Santa Cecília, Volta Redonda - RJ - (24) 3343 - 0942 / (24) 3342 - 2465
Todos os direitos reservados a Ettore Dalboni e Advogados Associados